O Protocolo de Intenção para Constituição do Arranjo Produtivo Local do Cacau e Chocolate do Litoral Sul da Bahia foi assinado pela reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Adélia Pinheiro. O ato ocorreu no Fórum Cacau Bahia 2035, realizado, nesta terça-feira(21), no Hotel De Ville, em Salvador

O documento foi assinado, também, pelo secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado da Bahia, Jacques Wagner e demais atores do setor. O Fórum contou coma presença de secretários estaduais, do vice-governador da Bahia, João Leão, e várias autoridades.

Além da reitora da UESC, participaram do Fórum o pró-reitor de Extensão Alessandro Fernandes de Santana, que articulou a presença dos professores Antônio Fábio Reis Figueiredo, representando o setor  de Agroindústria e Microcervejaria, João Carlos de Pádua Andrade responsável pelo Escritório de Projetos e representantes instituições regionais.

O Fórum tem a finalidade de agregar todos os agentes da cadeia produtiva para promover o desenvolvimento econômico sustentável e competitivo de plantio cuidadoso para a preservação da Mata Atlântica à produção industrial em larga escala, passando por pequenos agricultores familiares e a diversificação de produtos.

O evento valida o Sistema e Arranjo Produtivo Local (APL) do Cacau e Chocolate, uma carta aberta, uma portaria para beneficiar produtores do cacau Cabruca, um plano de trabalho e a Rota do Cacau. Além disso, uma loja de degustação com 40 marcas de chocolate e diversas palestras deram um panorama do Cacau no Brasil e no Mundo, com representantes do governo estadual e federal, institutos de pesquisa e indústria, incluindo a CEPLAC, Instituto Biofábrica, Instituto Arapyaú e a Teia dos Povos.

Deixe uma resposta

Leia Também