O evento – realizado dia 24/05, no Centro de Convenções de Ilhéus – que marcou a prestação de contas das ações do governo nos 100 primeiros dias de gestão foi considerado “extremamente positivo” pelo prefeito Mário Alexandre. O ato lotou o auditório “Nacib” e reuniu representantes de setores organizados da sociedade, políticos, secretários, assessores e a imprensa regional. “Cumpri com um compromisso que assumi com a cidade e, ao mesmo tempo, construí uma maneira de governar que será executada nos quatros anos da gestão, que é de debater com os ilheenses os caminhos que queremos e a ações que o governo estará construindo ao longo deste período”, afirmou.

Mário lembrou que encontrou uma cidade altamente endividada, que só em precatórios trabalhistas chega à casa dos 152 milhões de reais. Escolas funcionando precariamente, sistema de transporte público escolar ineficiente, servidores municipais desmotivados, postos de saúde e escolas inauguradas às pressas com objetivos eleitorais e equipamentos sucateados foram algumas situações lembradas sobre como encontrou a Prefeitura. “O quadro era desolador. Porém não deixei que essa triste realidade abatesse a nossa equipe que, mesmo sem condições adequadas, encarou os trabalhos melhorando diversas situações”, afirmou.

A dona-de-casa Mariluce Alcântara mora na avenida Esperança, zona oeste de Ilhéus. Ela compareceu ao evento e se queixou da ineficiência da iluminação pública no seu bairro. O governo reconhece o problema e aguarda processos burocráticos para adquirir novas lâmpadas. “Claro que temos diversos problemas batendo a nossa porta. Mas reconheço que depois que vi o antes e o depois apresentado aqui, a gente entende que 100 dias não são suficientes para resolver tudo”, afirmou.

Para o vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal Soub, o pioneirismo do ato de ontem deve se tornar um compromisso de rotina durante todo o mandato. “Precisamos transformar o encontro que aconteceu em um ato contínuo de prestação de contas e de debate com a sociedade”. O vereador Lukas Paiva (PSB), presidente da Câmara, destacou aspectos que considerou fundamentais na prestação de contas feita pelo prefeito e sua equipe: a economia que o governo conseguiu fazer nestes 100 dias. “O secretariado também deu sinais evidentes que trabalha para acertar”, destacou.

Para o empresário Gerson Marques, dono de um equipamento turístico em Ilhéus, a Fazenda Yrerê, quem esteve presente viu, não só o prefeito, mas cada secretário informar como recebeu sua pasta e quais as ações implantadas neste período. “Sem a arrogância de governos anteriores nem a pirotecnia típica de quem não realizava nada, mas dava um jeito de dizer que fazia”. O empresário elogiou o estilo franco e direto, sem maquiagem, do prefeito. “Ele apresentou uma equipe coesa e de bom nível técnico. Sinais de objetivos claros que nos dão esperança”, completou o consultor de turismo e editor do portal Coluna de Turismo, Ariel Figueiroa.

O radialista Robertinho Scarpitta disse que “prestar conta é sempre bom”. Definiu a postura como “um comportamento que passa a ser um diferencial da gestão implementada pelo atual prefeito”. Vice-presidente da Câmara, Gil Gomes (PV) elogia a realização da solenidade. “Um ato democrático e transparente onde destaco a significância do trabalho executado no período, especialmente na Educação, no Turismo e na Indústria e Comércio”, elogiou.

NOTA DA REDAÇÃO: Entre as diversas secretarias do atual governo, foram mais elogiadas e aplaudidas pelo púbico presente, as de Educação e a de Assistência Social, pelo grande número de trabalhos já realizados e dentro da forma correta.

Leia Também