O funcionamento do projeto “Estrada do Cacau e do Chocolate”, um roteiro temático onde os turistas conhecerão a cultura do cacau e a produção do chocolate por meio de visitas a fazendas existentes ao longo da BA-262, será a partir de janeiro. A garantia foi dada pelo governo da Bahia ao secretário municipal de Turismo e Esportes (Setur), Roberto Lobão, durante encontro realizado ontem (21), em Salvador.

“A proposta do governo da Bahia é ainda estruturar o funcionamento do roteiro para esta alta estação e, nesse sentido, ficaram acertadas algumas medidas que visam desburocratizar o processo”, assegura Lobão. De Ilhéus, também esteve neste encontro, realizado na Secretaria Estadual de Planejamento, o presidente do Ilhéus Convention Bureau, publicitário Marco Lessa, e representantes da Secretaria Estadual de Turismo.

Ineditismo – Este será o primeiro roteiro taurístico temático da Bahia e, inicialmente, vai abranger os municípios de Ilhéus e Uruçuca, apresentando a sua potencialidade histórica nos cenários das fazendas de cacau e as belezas naturais encontradas em seu trajeto, a exemplo de rios, cachoeiras e áreas de preservação ambiental.

A Estrada do Cacau e do Chocolate ainda inclui ainda as fábricas do parque moageiro de cacau, no Distrito Industrial de Ilhéus, fazendas/fábrica de chocolate gourmet, a Estação Rio do Braço, sede do antigo distrito de Ilhéus e a Biofábrica do Cacau. A Estrada do Chocolate também resgata para os visitantes cenários da obra do escritor Jorge Amado, conhecida em todo o mundo.

Interesse – De acordo com Roberto Lobão, diversos produtores já manifestaram interesse em participar do projeto. A Secretaria Municipal de Turismo e Esportes (Setur) já realizou um cadastro de propriedades e equipamentos existentes no circuito e, em breve, um decreto estadual vai definir critérios de participação e de formatação da estrada temática.

Representantes da Diretoria de Regionalização da Secretaria Estadual de Turismo vão se reunir nas próximas semanas com dirigentes dos Sindicatos Rurais de Ilhéus e Uruçuca para apresentar as contrapartidas exigidas pelo governo para a participação no projeto. Também nas próximas semanas será iniciada a instalação dos Portais Temáticos de Marco Zero na rodovia, identificando e sinalizando o empreendimento turístico, e um estande de informação ao turista, em formato de container. 

Deixe uma resposta

Leia Também